Página inicial Rio de Janeiro Rio de Janeiro Praia do Galeão – Rio de Janeiro

Praia do Galeão – Rio de Janeiro

4280

Pontuação

 
Clique nas estrelas para dar a sua nota!

Descrição

Dos anos 50 aos 70 a Praia do Galeão foi o que se pode chamar de autêntico balneário carioca: finais de semana cheio, garotada correndo para um mergulho na volta da escola durante a semana. Como em praticamente todas as praias da Baía da Guanabara, a poluição afastou os banhistas, atraiu aves de rapina e mau cheiro. Hoje a Praia do Galeão é lembrada com saudade por seus antigos moradores, como o ator e diretor Miguel Falabella, que nasceu e foi criado no bairro.

Se o ator e diretor lembra do tempo em que via peixinhos nas águas claríssimas e limpas, hoje os aterros praticamente acabaram com a faixa de areia na Praia do Galeão, que já foi uma das 16 praias da Ilha do Governador e hoje é uma das 13, porque esses mesmos aterros já acabaram com três delas. Reflexo de um local onde 31,5% da população vive nas 32 favelas existentes, de acordo com o censo de 2010.

Na Praia do Galeão propriamente dita praticamente nada restou. Hoje hospedagem, alimentação e passeios devem ser feitos em outros trechos da Ilha do Governador.

Previsão do Tempo

O site Booking.com está oferecendo hospedagens nessa região com até 30% de Desconto! Confira aqui.

Características

Mar: Escuro, de águas paradas e sujas

Areia: Escura, grossa e poluída, cheia de lixo e aves de rapina

Onde comer e onde ficar: De um modo geral a Ilha do Governador é bem servida por restaurantes e bares que, no entanto, costumam fechar por volta das 22h. Há alguns poucos hotéis, e, entre eles, as dependências do Aeroporto Internacional Antonio Carlos Jobim, o Galeão, que leva o mesmo nome da praia.

Praias próximas: Praia da Bandeira, Dendê, Gaegos, da Bica.

  •  

    Gostou da praia?

    Então clique em:
    ;-D

     


  • [Parceiro] Dicas de Saúde: Saúde Descomplicada
  •  

    Veja as dicas e deixe a sua também! ;-D

     

    [php snippet=3]

Praias do Rio de Janeiro:

 

Praia do Galeão - Rio de Janeiro - por Google

4280
Dos anos 50 aos 70 a Praia do Galeão foi o que se pode chamar de autêntico balneário carioca: finais de semana cheio, garotada correndo para um mergulho na volta da escola durante a semana. Como em praticamente todas as praias da Baía da Guanabara, a poluição afastou os banhistas, atraiu aves de rapina e mau cheiro.
Praia de Ramos - Rio de Janeiro - por Roni-S

7253
Ela já foi limpa, suja, já ganhou piscinão, em 2013 um grande jornal anunciou que suas areias eram mais limpas que as de Ipanema. Já foi cantada, filmada, cenário de novela, afinal, na Praia de Ramos, “cada mergulho é um flash”.
Praia de São Conrado - Rio de Janeiro - RJ - por Ivi-terra

10120
As asas delta colorindo o céu e aterrissando nas areias claras são um dos maiores símbolos da Praia de São Conrado, na Zona Sul Carioca. O bairro luxuoso é um lugar de contrastes: ao mesmo tempo em que abriga alguns dos condomínios mais tradicionais da cidade – como o Parque Guinle – abriga também a famosa Favela da Rocinha.
Praia de Sepetiba - Rio de Janeiro - por JoãoF.Macedo

21139
São 75 Km até o Centro do Rio de Janeiro e entre 1h10min e 1h30min até os aeroportos Galeão e Santos Dumont, mas a ida à Praia de Sepetiba valeria à pena não fosse a poluição. A praia, que já chegou a rivalizar com a Praia de Copacabana em relação à beleza e à frequência, teria tudo para ser um dos mais belos do Rio de Janeiro, mas o que se encontra são muitos cascalhos, lama e cheiro ruim.
Praia de Grumari - Rio de Janeiro - por CeciliaOdeAzevedo

6062
Gosta e surfe e de um visual deslumbrante da natureza? Então seu lugar é na Praia de Grumari. Decretada Área de Proteção Ambiental (APA) em 1987, a praia é um santuário preservado, que conta ainda com a Prainha, outro point clássico do surfe.
Praia da Barra de Guaratiba - RJ - por Praia da Barra de Guaratiba - RJ - por Sergio-Perry-Junior

23222
Distante cerca de 60 Km do Centro do Rio de Janeiro, a Praia da Barra de Guaratiba é a que fica mais distante, aproximadamente 1h30min de carro dos aeroportos Santos Dumont e Galeão. Mas quem vence a distância acaba encontrando outras compensações.