Página inicial Pernambuco Goiana Praias de Goiana – Pernambuco

Praias de Goiana – Pernambuco

15369

Pontuação

 
Clique nas estrelas para dar a sua nota!

Descrição

Declarada Patrimônio Histórico Nacional em 1938, Goiana já chegou a ser apelidada de “Milão Brasileira”. Semelhanças à parte, quem chega logo descobre que não são só as praias de Goiana – e há pelo menos meia dúzia delas – que encantam os turistas não, várias construções imponentes atraem os olhos e fazem a imaginação voar para tempos distantes. Para se ter uma ideia, quem chega pela BR-101 vindo de Recife ou João Pessoa, logo avista as suntuosas torres das igrejas tricentenárias.

 

Das mulheres guerreiras a guaiamuns treinados

Deixando só um pouquinho as praias de Goiana de lado, vale a pena dar uma volta bem demorada pela cidade, onde o estilo barroco impera. Bem típico do século XIII, é ele quem dá o tom de obras como a Igreja de São Lourenço de Tejucupapo, uma das mais antigas de Pernambuco, construída lá ainda no século XVI, e cuja capela é destaque arquitetônico nacional.

O site Booking.com está oferecendo hospedagens nessa região com até 30% de Desconto! Confira aqui.

Já a Matriz de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Brancos, a Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos e a Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pardos, além de sua própria existência descrever a sociedade da época, são belos exemplares do barroco brasileiro.

O Museu de Arte Sacra, abrigado na Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pardos, reúne preciosidades de colecionadores além de várias peças artesanais feitas pela população local ao longo dos tempos.

O município foi palco ainda de um evento histórico talvez pouco conhecido, mas com certeza determinante para a vitória contra a invasão holandesa: a Batalha de Tejucupapo, uma das poucas manifestações populares do Brasil Colônia que contou com a presença feminina. Na época, as mulheres armaram-se com armas improvisadas e apetrechos de cozinha e ajudaram a expulsar os holandeses invasores, em 1645.

É no Centro Histórico também que um restaurante chama a atenção de quem chega: bastante pitoresco, o Buraco da Gia tem caranguejos guaiamuns treinados (isso mesmo!) que seguram os copos dos clientes. Simplesmente sensacional e imperdível.

 

Águas mansas, mornas e piscinas naturais: praias de Goiana

De um modo geral, as belas praias de Goiana têm características bastante parecidas, com água cristalina azulada, areia branca, temperatura morna o ano inteiro, manguezais no entorno ou piscinas naturais na maré baixa. Em algumas, o único som que se ouve é o das ondas quebrando na praia. Em outras, a badalação não tem hora para acabar. No total são 18 km de praias de Goiana.

Previsão do Tempo

Praias

• Praia de Ponta das Pedras

De longe ela é a principal e a mais movimentada do município. Tem boa infraestrutura turística, com muitos bares, restaurantes e pousadas, repleta de casas de veraneio. De calmas águas mornas esverdeadas, é preciso descer uma ladeira para chegar à praia, mas aí tudo compensa.

A areia é muito branca e fininha, e há bastantes colônias de algas em determinadas épocas do ano. Os barcos dos pescadores ancorados na praia dão um charme mais especial ainda, a essa que é uma das mais famosas do município.

Há trechos em que o forte é o banho de mar, em outros o grande barato é a pescaria. Passa a se chamar Praia das Pedrinhas no trecho em que várias formações rochosas se tornam a principal característica.

• Praia de Carne de Vaca

Muitos coqueiros, poucas casas. Poucas ondas, muita beleza. Também há uma ladeira para chegar à praia e deixar o passeio mais divertido. Considerada selvagem, na maré baixa os bancos de areia formam piscinas naturais irresistíveis. Lá, por causa da proximidade com o Rio Goiana, as águas já são um pouco turvas. Nada que tire o charme, entretanto, realçado pela pequena vila de pescadores e os vários bares que convida, para um bate-papo daqueles, bem preguiçoso.

• Praia de Catuama

Lugar típico de veraneio, a Praia de Catuama tem taxa de urbanização muito baixa e é muito tranquila e preservada. As águas tranquilas e morninhas e recifes que na maré baixa formam piscinas naturais, convidando para o mergulho com vista para a Ilha de Itamaracá, município vizinho. A bonita Igreja de Santo Antônio abençoa os visitantes.

• Praia da Barra do Catuama

Águas calmas, areia escura, um monte de árvores frutíferas e recifes naturais. Bem em frente à Ilha de Itamaracá, a Praia da Barra do Catuama recebe o encontro das águas dos rios Itapessoca e da Barra, compondo um extenso manguezal. O povoado fica em cima de um monte que é um mirante natural e nde fica a Igreja da Penha.

• Praia de Atapuz

A gostosa vila de pescadores da Praia de Atapuz tornou o local ponto de encontro dos pescadores. Localizada entre a Ilha de Itapessoca e o Canal de Santa Cruz, por incrível que pareça a pequena Atapuz, com apenas 300 metros de extensão, ainda é desconhecida até dos próprios goianenses. O mar é calminho, a faixa de areia branca é estreita, e as águas são bastante frequentadas pelos peixes-boi, que podem ser vistos com facilidade pelos visitantes. Há uma excelente pousada o local e alguns bares e restaurantes. Não deixe de provar o peixe com leite de coco, delícia local.

• Praias de Tabatinga

fica entre Ponta da Pedra e Carne de Vaca. Fica em uma reserva florestal, com águas claras e mansas e formações rochosas que formam pequenas piscinas na beira da água. Local de muitos coqueiros, muitas casas de veraneio, mas, como é privada, é a menos movimentada do município.

  •  

    Gostou da praia?

    Então clique em:
    ;-D

     


  • [Parceiro] Dicas de Saúde: Saúde Descomplicada
  •  

    Veja as dicas e deixe a sua também! ;-D

     

    [php snippet=3]

Praias de Pernambuco:

 

Praia dos Carneiros - Tamandaré - Pernambuco - por Jorge-Y-Yazawa

14807
A 92 Km de Recife, Tamandaré significa “repovoador” em tupi-guarani, que, no caso, seria um pajé a quem Tupã, deus dos trovões, teria mandado um aviso de que ia exterminar a humanidade. Assim como Noé, o pajé então construiu um barco e lá entrou com toda a família até o fim do dilúvio, quando saiu e repovoou a área.
Praias de São Jose da Coroa Grande - por Sv-Cesar

31283
A cidade é pequenininha, na verdade uma das menores do estado. Em compensação seu próprio nome já indica a proporção da sua beleza: “coroa” é o nome dado à formação dos bancos de areia que emergem entre a praia e os muitos corais que formam piscinas naturais na maré baixa. Pronto, difícil não fazer a imagem mental desses paraísos que são as praias de São José da Coroa Grande.
Praias de Jaboatão dos Guararapes - por julien8282

12127
Ele se considera o “berço da pátria”, e se for ver bem, pode até ter razão. O município de Jaboatão dos Guararapes foi palco de algumas das principais batalhas contra os invasores holandeses em Pernambuco, mas, tanto depois, vamos combinar que quem vai lá está mesmo é à procura das belíssimas praias de Jaboatão dos Guararapes.
Praia de Porto de Galinhas - Ipojuca - Pernambuco - por enter-guide

45289
Ipojuca é um daqueles lugares onde passado e presente se misturam tão harmoniosamente que por mais que você esteja em um dos luxuosos hotéis ainda é possível imaginar os holandeses chegado por mar.
Praia de Itamaracá (Ilha de Itamaracá) - Goiana - Pernambuco - por rodolfo-aioria

15369
Declarada Patrimônio Histórico Nacional em 1938, Goiana já chegou a ser apelidada de “Milão Brasileira”. Semelhanças à parte, quem chega logo descobre que não são só as praias de Goiana.
Praias de Fernando de Noronha – Pernambuco

9379
As praias de Fernando de Noronha, famosas no mundo inteiro, não dão uma página, dão um livro. Mas melhor do que falar delas é ir pessoalmente ver a cor incrível de suas águas, se surpreender com as formações rochosas...