Barra da Tijuca – Rio de janeiro

18778



Uma das mais famosas praias do Rio de Janeiro, conhecida como o bairro dos emergentes, a Praia da Barra da Tijuca é a mais extensa do Rio, com 18 Km de extensão. Marcada por postos, cada trecho tem sua peculiaridade: a Praia do Pepê, onde o campeão mundial de asa delta tinha um quiosque de sanduíche natural, recebeu o nome após a sua morte e é um o ponto preferido de jovens e gente famosa do Rio; mas há ainda o 3.100, número de um dos condomínios da Orla.



O Barramares, também nome de condomínio, e vários outros pontos que reúnem principalmente moradores do bairro e dos bairros vizinhos (Alto da Boa Vista e Tijuca) e da Zona Sul carioca.

Os ventos fortes deixam águas normalmente muito claras, verdes, limpas quase sempre agitadas, criando picos famosos para os surfistas e esportes afins. A urbanização – que inclui um imenso calçadão com ciclovia e muitos quiosques – vai até o a Avenida Ayrton Senna, a partir de então a área torna-se de proteção ambiental, ficando ainda mais limpa e sossegada. É neste trecho da Praia da Barra da Tijuca que fica a Reserva de Marapendi, que vale um passeio.

No canto direito da Praia da Barra da Tijuca há um canal de águas muito claras e mansões na encosta, pertinho da Ponte da Joatinga. Ali o mar é mansinho e perfeito para crianças, mas fica fundo rapidamente. à direita e faz fronteira com a Praia do Recreio dos Bandeirantes. Como é muito grande, mesmo cheia há sempre bastante espaço na areia.

A Natureza da Praia da Barra da Tijuca

A natureza é exuberante, com grande parte da restinga preservada e a vista do Maciço da Tijuca, um dos acessos à praia, através do Alto da Boa Vista, que corta parte da Floresta da Tijuca. A orla é muito bem estruturada, com excelentes restaurantes de todas as cozinhas – japonesa, chinesa, tailandesa, italiana, francesa, brasileira, internacional – pizzarias, adegas, tabernas e bares.

No calçadão, os quiosques servem petiscos à base de frutos do mar e pratos rápidos, enquanto na areia ambulantes vendem sanduíches naturais, salgadinhos, cervejas, sucos e refrigerantes. Há fartura de serviços e gente bonita, mas há carência de transporte público. Mesmo o estacionamento não é suficiente para a grande quantidade de pessoas que frequentam a Praia da Barra da Tijuca.

O bairro, na Zona Oeste do Rio, é um dos que mais mudaram nos últimos 20 anos, com grandes empreendimentos imobiliários e a chegada dos emergentes, que valorizaram absurdamente o metro quadrado. Hoje o crescimento, que apesar de rápido foi planejado, transformou o bairro em um imenso centro de lazer, moradia, serviços e negócios e gastronomia, com grandes shoppings e condomínios de casas e apartamentos. A Barra da Tijuca será a sede da Vila Olímpica para os jogos de 2016.

Praia dos famosos

A maior praia da cidade atrai famosos e pessoas comuns de corpos sarados. O mar favorece a prática de esportes aquáticos. Campeonatos nacionais e até internacionais de surf ocorrem com frequência em suas águas, e os bons ventos impulsionam os praticantes do wind e do kitesurf.

Na Barra da Tijuca fica a lagoa de Marapendi, e o Parque Natural Municipal de Marapendi além de um dos acessos ao Parque Nacional da Tijuca, que leva à Pedra da Gávea e a Pedra Bonita. Nesses locais, o acesso de carros é restrito, e a calma e o sossego para curtir a natureza são garantidos.

Dicas de Praia da Barra da Tijuca

Mar: Agitado, verde muito claro e limpo.

Areia: Branca, fofa e fina.

Público: Jovens, famosos, famílias, moradores e aventureiros.

Modalidade: Surf, kitesurf, skysurf, bodyboard, SUP e esportes aquáticos de um modo geral, além de vôlei, futevôlei e frescobol

Mais dicas

  • Chegue cedo se quiser estacionar perto da praia
  • Visite a Reserva de Marapendi, que engloba a Lagoa de Marapendi
  • Vale a pena também dar uma volta pelo Alto da Boa Vista e ir até o Parque Estadual da Floresta da Tijuca, que fica pertinho
  • Cuidado como mar. Ele pode ser bastante traiçoeiro para quem não conhece, com buracos e valas. Também costuma mudar rapidamente, dependendo da correnteza
  • Procure a parte da reserva se quiser um ambiente menos agitado.
  • As trilhas nos parques podem apresentar riscos e animais selvagens, siga sempre as orientações.

Trilhas: diversas trilhas podem ser encontradas nos Parques da região.

Onde comer e ficar na Praia da Barra da Tijuca

Onde comer: Escolha um roteiro gastronômico e delicie-se: há restaurantes, bares, quiosques, o que você decidir você encontra

Onde ficar: Muitos hotéis e apart-hotéis, pousadas, casas e apartamentos para veraneio

Praias próximas: Praia do Recreio dos Bandeirantes, do pepino, São Conrado.

 


Gostou na Praia da Barra da Tijuca?

Então compartilhe com seus amigos e conheça outras praias lindas abaixo.

 

Veja também: