Praias de Cabo de Santo Agostinho – Pernambuco

8427



Quer conhecer as belíssimas praias de Cabo de Santo Agostinho? A dica é pegar um buggy e partir rumo à diversão. Calhetas (para as famílias), Caibu (para a baladalação) e Paiva (para os surfistas) são as mais famosas, mas tem muito mais à sua espera.

Mas quer uma dica? Antes – ou depois, tanto faz – separe um tempo para conhecer a região com suas reservas ecológicas e a cidade, que convida a um mergulho no passado histórico: ruínas, monumentos e outros pontos tricentenários transportam você de volta a uma época ao mesmo tempo tão diferente e tão igual.



Uma viagem no tempo em Cabo de Santo Agostinho

Essa é justamente uma das graças da região, estar agora olhando para coisas que têm praticamente a mesma aparência do passado. É o caso do Centro Cultural Engenho Massangana, um acervo patrimonial que mostra bem como era a sociedade rural do Nordeste brasileiro no século XIX, com direito a casa grande, Capela de São Mateus e senzala. O conjunto histórico é tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco e passou a se chamar Parque Nacional da Abolição, em homenagem abolicionista Joaquim Nabuco, que morou até os 8 anos de idade na casa grande construída em estilo neoclássico.

Por outro lado, as ruínas da Vila de Nazaré é outro ponto que cutuca a imaginação. Não dá para não imaginar como eram os preparativos para as batalhas no Forte Castelo do Mar, construído pelos portugueses em 1631 com granito do próprio município do Cabo de Santo Agostinho, nem o que acontecia nas antigas casas coloniais, assim como a rotina do Farol Santo Agostinho e o dia a dia na casa do faroleiro ou as missas e orações da Igreja Nossa Senhora de Nazaré ou no Convento Carmelita, dos quais apenas as ruínas sobreviveram até os dias atuais.

Principalmente se você já chegar lá sabendo que a vida na Vila de Nazaré não foi nada fácil, sendo palco de batalhas acirradas praticamente todo o tempo: primeiro entre os índios caetés e os portugueses, e depois destes com os holandeses que por 24 anos invadiram Pernambuco (de 1630 a 1654). Tudo isso em meio à paisagem deslumbrante da Mata Atlântica emoldurando o azul cristalino do mar.

Melhores Praias de Cabo de Santo Agostinho

Pensando em ir para Cabo de Santo Agostinho? Confira as melhores praias abaixo.

Praia do Suape

Um grande resort cinco estrelas atrai turistas o ano inteiro, e não é à toa. Entre o Rio Massangana e a Praia do Paraíso surge a Praia do Suape. Infraestrutura, portanto, é o que não falta: a seu redor, além da natureza exuberante, muitos hotéis, pousadas, bares e restaurantes maravilhosos. E chamar a natureza de exuberante é até pouco, já que lá uma extensa barreira natural de arenito transformou a pequena enseada em uma verdadeira piscina. Águas rasas, calmas, transparentes e morninhas completam o paraíso de famílias e da galera dos esportes náuticos. Quer uma ideia de passei? Pegue um barco e vá até as ilhas Tatuoca, Cocaia e Outeiro.

Praia de Itapuama

Entre a Praia do Paiva e a Pedra do Xaréu fica a Praia de Itapuama, que em tupi-guarani significa “praia bonita”. Pescadores e surfistas dividem a preferência nas águas agitadas de ondas fortes e definidas enquanto na maré baixa as piscinas naturais aparecem no mar translúcido encantando turistas e moradores. No entorno, rochas de formação vulcânica e um extenso coqueiral completam o cenário bucólico. Na orla, vários barzinhos atraem quem gosta de tomar uma gelada com um petisco bem gostoso antes de ir para uma das várias pousadas nas redondezas.

Praia da Pedra do Xaréu

Apesar de pertinho de Itapuama, na Praia da Pedra do Xaréu as ondas são mais fracas e também há grande formação de piscinas naturais na maré baixa. Lá é o paraíso dos mergulhadores, que vêem com clareza a imensa quantidade de peixes xaréu. Na orla as choupanas convidam para uma comidinha saborosa regada a uma bem gelada. O visual é paradisíaco, com seu coqueiral contrastando com o azul do céu.

Praia do Paraíso

Com esse nome nem é preciso dizer mais nada. São apenas 30 metros de areias douradas em meio a uma reserva de Mata Atlântica que abriga um morro de pedras banhadas por pequenas enseadas. No alto do costão um bar com telhado de piaçava que parece flutuar convida ao relaxamento com o barulhinho das ondas. O apelido da Praia do Paraíso não podia ser outro: Praia da Preguiça. Mas deixando a preguiça de lado, para quem gosta de trekking o lugar oferece algumas trilhas bem legais.


Gostou da praia Cabo de Santo Agostinho?

Então compartilhe com seus amigos e conheça outras praias lindas abaixo.

 

Veja também: