Praias de Garopaba – SC

23893



Reza a lenda que os primeiros europeus, a bordo de uma expedição naval espanhola, teve que se refugiar de uma tempestade na Baía de Garopaba lá nos idos de 1525, quando os índios Carijó ainda eram os reis do pedaço. Mas foi só uma centena de anos depois, por volta de 1666 que os primeiros açorianos começaram a se instalar na região, mas por muitos e muitos anos as praias de Garopaba passaram dos índios aos imigrantes e destes para os pescadores, até que há cerca de 40 anos a galera do camping começou a descobrir o local.

Nas barracas armadas à beira-mar logo começaram a aparecer pranchas de surf, já que as altas ondas desafiavam o equilíbrio. Hoje as praias de Garopaba são o paraíso dos surfistas – a Praia do Silveira é considerada a melhor do Brasil para o surf – e também dos turistas gaúchos, além dos vizinhos argentinos e uruguaios.



Temperatura vai de um extremo ao outro

A 94 Km ao sul de Florianópolis, as praias de Garopaba têm variação grande de temperatura, que chega perto dos 40º no verão e pode cair abaixo de 10º no inverno. Nada que afaste os surfistas, entretanto, nada que uma bela roupa de neoprene não resolva – afinal, ela é reconhecida internacionalmente como “a Capital do Surf”. Mas as Dunas do Siriú, vamos ser honestos, disputam espaço principalmente entre os jovens que gostam de emoções fortes. Ao todo, são nove as praias de Garopaba, e algumas reservam surpresas para lá de interessantes – como as Dunas do Siriú.

 

Dunas, cachoeira e baleias merecem destaque

Cachoeiras

As praias de Garopaba são o ponto alto da região, mas quem a visita não deve deixar de conhecer suas cachoeiras, com principalmente a Encantada, a do Siriú e a do Macacú, nas quais é possível ir com ou sem guia, já que o acesso é fácil e é comum ver crianças e famílias inteiras banhando-se em suas águas doces muito limpas e cristalinas.

Baleias-franca

Outra atividade que merece destaque na região é a observação das baleias-franca. Ameaçadas de extinção – há apenas 4 mil em todo o mundo – entre maio e novembro elas migram para Garopaba para acasalar e procriar. Passeios de barco, inclusive um em bote inflável que dura 3 horas, permite observá-las em seu habitat natural enquanto fazem acrobacias e esguicham água.

Cemitério indígena

Para quem gosta de história o Morro da Barra reserva um antigo cemitério carijó tombado pelo Patrimônio Histórico, onde é possível ver as marcas deixadas nas pedras quando afiavam seus artefatos feitos de pedras. A vista lá de cima também é deslumbrante.

Dunas do Siriú

A apenas 9 Km da cidade de Garopaba, as Dunas do Siriú são verdadeiros monumentos da natureza que se destacam na paisagem, impressionando mesmo que as vê ao longe. Localizadas na Praia do Siriú, que por sua vez é integrada ao Parque Nacional da Serra do Tabuleiro, que vai da praia ao Morro dos Cavalos, as dunas chegam a ter impressionantes 5 Km de lado e se transformaram em verdadeiros escorregas gigantes, o já famoso surf de areia. O Rio Siriú, que começa na Lagoa do Macacu, desemboca no lado norte da praia, transformando-se em criadouros de camarões e peixes.

Praias de Garopaba

Com ótima infraestrutura turística, Garopaba é farta em hospedagem de todos os tipos e preços, em bares e restaurantes para todos os gostos e bolsos. Na cidade, a programação é variada, inclusive para quem gosta de lugares religiosos, como a Gruta de Nossa Senhora de Lourdes e a Igreja Matriz de São Joaquim, construída sobre uma pedra em 1846. Mas são mesmo as praias de Garopaba os maiores atrativos locais, e bem dá para entender: são nove no total, algumas sem absolutamente nenhuma infraestrutura, como a Praia Vermelha, cujo único acesso é privativo e feito por trilha.

A mais badalada de todas é a Praia da Ferrugem, point de surfistas e gente jovem e bonita – portanto se você quer badalação ela é o seu lugar, com opções de lazer praticamente 24hs por dia. As baladas locais são famosas e lá você escuta línguas de diversas tribos diferentes. A vida noturna em alguns bares só começa após às 23hs e só termina quando o sol já raiou.

Caminho idílico leva à Praia do Ouvidor

Do lado, separada por um morro que é um sambaqui, fica a Praia da Barra que, ao contrário da sua vizinha badalada, é bem calma e sossegada. Por uma trilha de 2Km você chega na Praia do Ouvidor, cuja estrada de acesso já é um cartão postal, ladeada por coqueiros e mata intocada. Dunas, muito verde e grandes pedras são a única estrutura da praia, cujas maiores atividades são a pescaria, a canoagem e o esqui aquático.

A mais afastada de Garopaba é a Praia da Gamboa, que fica a 15 min do Centro da cidade e por onde se chega passando por dunas, rios, vales até chegar a um mar aberto muito azul e onde apenas uma colônia de pescadores habita. Já a Prainha ou Praia da Preguiça é pequena, com águas calmas e clarinhas, e abriga um condomínio de residências de alto luxo.

Silveira, a melhor praia do Brasil para o surf

Bem selvagem e de beleza exuberante, a Praia do Silveira é “a” praia do surf: ela é considerada a melhor praia para o esporte no Brasil e a quinta do mundo. Ela tem apenas 1,5 Km de extensão, mas seu fundo de pedras no canto esquerdo produz ondas consideradas perfeitas. Uma grande montanha com Mata Atlântica preservada emoldura a praia, que também é estuário de desova da tainha, atraindo pescadores que procuram ainda peixes nobres como o robalo, a garoupa e o badejo.


Bem no Centro do município, portanto a mais urbana de todas, fica a Praia de Garopaba, com grande infraestrutura turística. Com 2 Km de extensão, ela é mais calma, caracterizada por várias canoas de pescadores que dãoum ar mais bucólico à praia.

 

Veja também: