Praias de Ipojuca – Pernambuco

68542



Ipojuca significa “água escura” em tupi guarani lapajuque, mas para você descobrir porquê vai ter que ir até lá. Aliás, este deverá ser um verdadeiro trabalho de investigação, já que, apesar do manguezal em Maracaípe, as maiores atrações da região – as praias de Ipojuca – não têm nada de escuras.

Muito pelo contrário, é nos 18 Km de orla onde um imenso coqueiral ganha destaque junto às piscinas naturais que ficam a Praia de Serrambi e a Praia de Porto das Galinhas, eleita por dez anos consecutivos a melhor do Brasil pela Revista Viagem&Turismo. Longe de serem as únicas, as demais praias de Ipojuca chegam a doer os olhos de tons tão intensos de azul. Mas ninguém reclama.



Infraestrutura turística de primeira em um município de 1560

Ipojuca é um daqueles lugares onde passado e presente se misturam tão harmoniosamente que por mais que você esteja em um dos luxuosos hotéis ou resorts de padrão internacional ainda é possível imaginar os holandeses chegado por mar, os navios negreiros atracando nos portos de Suape e Galinhas ou seus ricos engenhos de cana-de-açúcar.

Colonizado a partir de 1560, o município tem nas praias de Ipojuca sua maior atração, principalmente pelas piscinas naturais formadas pelos corais na maré baixa, pelas águas mornas, calmas em alguns lugares e verdadeiros points de surf em outros e sempre, sempre muito azuis.

Gastronomia nas praias de Ipojuca

A gastronomia, no entanto, pode-se dizer que é um capítulo à parte – ainda bem, porque não dá para ir à praia sem pensar em comida. Deixe para fazer o regime antes da viagem, porque lá vai ser impossível resistir aos pratos típicos à base de frutos do mar servidos nos restaurantes, bares e quiosques e barracas ao longo das praias.

Quer um conselho? Não ouse sair das praias de Ipojuca sem experimentar o famoso peixe na telha ao molho de pitanga, mas experimente também o filé de pescada no molho de uvas, o arroz de polvo e o petisco de berdigão, uma espécie de marisco muito comum na região. Isso sem falar nas lagostas, camarões de alto mar e caranguejos. Mas se os frutos do mar não são lá a sua preferência, não se assuste que você não vai morrer de fome: em praticamente todos os lugares há pratos à base de carnes e frangos, além de casas de massas, pizzarias, comida japonesa, italiana e internacional.

Praia de Muro Alto

Prepare-se, porque você nunca viu nada parecido com a Praia de Muro Alto, uma verdadeira piscina natural de 3 Km de extensão formada por um extenso recife – como o nome já indica, você vai pensar. Errou. Na verdade o nome não é uma referência ao recife, mas sim a um paredão de areia com cerca de 3 metros que se formou na área.

A praia é cercada por área de reserva de Mata Atlântica com coqueiros e manguezais, além de alguns dos condomínios e resorts mais luxuosos do país, como Beach Class Resort, que tem a maior piscina de resort do Nordeste, o Summerville Resort, o Nannai Resort Muro Alto e o Nannai Beach, e ainda o Marulhos Suítes Hotel.

As famílias com crianças e os amantes dos esportes náuticos adoram, o que faz com que o lugar fique bastante movimentado nos finais de semana e na alta temporada. A área conta com toda a infraestrutura, inclusive passeios de barco a vela e caiaque.

Praia da Gamboa

Não aguenta mais barulho e gente espirrando água? Tudo bem, vá para a Praia da Gamboa. Praticamente deserta, além do chá-chuá das águas cristalinas e calmas batendo na areia branca você só vai ouvir mesmo a sua própria voz. De vez em quando algum buggy passa ao longo e não são poucos os turistas que procuram suas piscinas naturais, mas como não há nenhuma infraestrutura, o sossego é garantido. Leve seu lanche para não ficar com fome e um saquinho para levar seu lixo de volta com você.

Praia do Cupe

Coqueiros, barracas e altas ondas atraem todas as tribos, mas principalmente a galera do surf – até porque é lá que acontecem vários campeonatos estaduais e nacionais. No canto esquerdo, no entanto, as ondas são mais calmas e, na maré baixa, há formação de piscinas. Ali o local é conhecido como Pontal do Cupe. A Praia do Cupe É uma das maiores da região, com 4,5 Km de extensão.

Praia de Maracaípe

Bom, se a ideia é pegar onda, na Praia de Maracaípe elas chegam a 2 metros de altura, fácil, fácil. Surfistas do Brasil e do mundo inteiro podem ser encontrados em suas ondas, onde a água morninha é um convite ao paraíso. A areia é dourada, há várias barracas e quiosques com bebidas geladas e petiscos variados, então a movimentação é grande de pessoas de todas as idades, mas a galera jovem predomina. Bem pertinho dali, na foz do Rio Maracaípe fica a Praia do Pontal do Maracaípe, com um visual deslumbrante do encontro das águas.

Difícil de escolher? Então não escolha, vá a todas. Programe-se com antecedência e faça o seu roteiro com calma, aproveitando muito mais as suas férias.


Gostou das praias de Ipojuca

Então compartilhe com seus amigos e conheça outras praias lindas abaixo.

 

Veja também: