Urca – Rio de Janeiro

5872



São apenas 200 metros de extensão, mas a vista e o charme da Praia da Urca compensam o tamanho. Bem aos pés do Morro da Urca, fica em um dos bairros mais seguros do Rio de Janeiro, pertinho de Botafogo e Flamengo, a apenas 15 minutos do Centro do Rio.



O mar calmo e a beleza do lugar – cercado pelo Morro Cara de Cão e pela Fortaleza São João – faz com que fique lotada nos finais de semana do verão, apesar das águas poluídas da Baía da Guanabara. É lá, aliás, que as águas da baía e do Oceano Atlântico se encontram.

Quem não quiser, no entanto, nem precisa se preocupar por não poder entrar na água. A orla é privilegiada com quiosques e um belo calçadão onde os moradores caminham e praticam esportes. Na Praça General Tibúrcio, o clima é super acolhedor, lembrando uma cidadezinha de interior em plena Zona Sul carioca.

É na Praia da Urca que que fica, também, a Fortaleza São João, que tem duas praias restritas, a Escola de Guerra Naval, o Instituto Militar de Engenharia, o Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas, a Escola Superior de Guerra, a Companhia de Pesquisas de Recursos Minerais e o Museu de Ciências da Terra. Foi só a partir de 1920, no entanto, que o bairro deixou de ser exclusivamente militar para se tornar um dos redutos residenciais mais valorizados do Rio.

Apesar de pequena, a Urca abriga ainda a Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UFRJ), o Iate Club do Rio de Janeiro, o Instituto Benjamim Constant e dois dos mais importantes pontos turísticos da cidade: o Morro da Urca e o Morro do Pão de Açúcar, com seus bondinhos que fazem a ligação entre eles e a pista. Foi lá, ainda, que funcionava o famoso Cassino da Urca, mas tarde transformado em sede da extinta TV Tupi.

Um pouco de história sobre a praia da Urca

Se o bairro encanta com suas ruas arborizadas e a paisagem dominada por casas do início do século XX, a Praia da Urca guarda ainda o tesouro de ter sido o local onde, oficialmente, nasceu a cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro: foi exatamente na Praia da Urca que os índios chefiados por Araribóia e aliados dos portugueses derrotaram os franceses que tentavam invadir a região. Sentar-se na mureta de frente para a Baía da Guanabara apreciando a vista do Corcovado e do Cristo Redentor é um dos prazeres mais tradicionais dos cariocas.

Dicas da praia da Urca

Mar: Calmo, sem ondas, mas de águas escuras e poluídas

Areia: Amarelada e dura

Público: Famílias, principalmente moradores.

Modalidade: Bicicleta, futebol, futevôlei.

Dicas: Evite cair na água. Apesar do convite quase irresistível pela beleza do lugar, as águas da Baía da Guanabara são extremamente poluídas.

Trilhas: A Trilha do Morro da Urca é famosa na cidade, sendo um dos passeios preferidos de turistas e moradores. Ela começa na Praia Vermelha, e margeia a encosta do Morro da Urca e do Pão de Açúcar. Durante todo o 1,25 Km de extensão se tem uma vista deslumbrante do mar. O caminho é fácil, com troncos organizando escadas e pode ser feito por toda a família. Depois de cerca de uma hora de caminhada chega-se ao primeiro mirante, ao lado da estação do bondinho, no topo dos 220 metros do morro. O pôr-do-soléfantástico visto de lá, e depois das 19h a descida de bondinho é franqueada a quem subiu a pé.

Onde ficar e comer na praia da Urca

Onde comer: Há restaurantes e quiosques na pracinha, além de ambulantes na areia.

Onde ficar: Não há hotéis, mas é possível encontrar casas para alugar.

Praias próximas: Praia Vermelha e duas outras restritas na Fortaleza São João.


Gostou da praia da Urca?

Então compartilhe com seus amigos e conheça outras praias lindas abaixo.

 

Veja também: